domingo, outubro 30

Formação continuada de MT é destaque nacional


A política de Formação Continuada dos profissionais da Educação desenvolvida pela Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT) foi destaque nacional em pesquisa publicada pela Fundação Carlos Chagas, publicada em junho deste ano.
Com o tema “Formação Continuada de Professores: uma análise das modalidades e das práticas em Estados e municípios Brasileiros”, o estudo destaca a política formativa dos educadores mato-grossenses como a mais inovadora dentre os 19 Estados pesquisados.
Nas páginas 77 a 80, do relatório, os pesquisadores fazem uma avaliação positiva dos projetos Sala do Educador e Centros de Formação e Atualização de Professores (Cefapros) instalados em Mato Grosso a partir de 2006 e 1997, respectivamente.
Ao citar a Sala do Educador o levantamento destaca na página 77 que “dentre as Secretarias que compõe o presente estudo, essa (Seduc-MT) é a que tem a política de formação mais inovadora, de acordo com a literatura: a escola é vista como o lócus por excelência da Formação Continuada”.
“A atual política de formação do estado estruturou uma organização que busca favorecer: a) a criação de um clima de colaboração entre os professores na escola; b) a participação dos professores nos processos de planejamento, realização e avaliação dos resultados da escola; e c) a valorização dos saberes e da experiência dos professores”, continua o estudo.
Em outro trecho do estudo referente aos Cefapros a pesquisa cita na página 78 que o Estado “criou vários centros de formação de professores com o propósito de auxiliar o trabalho dos profissionais da escola, buscando garantir melhores condições para a realização da docência. Trata-se, pois, de articular a formação inicial e a continuada, favorecendo o desenvolvimento da escola e dos profissionais que nela atuam”.
Ao comentar os resultados do levantamento, a superintendente de Formação da Seduc-MT, Ema Marta Dunck Cintra afirma que o reconhecimento nacional da política de formação continuada do Estado “é motivo de ânimo para todos os profissionais da Educação”.
Para ela, “os resultados motivam a Seduc e os educadores mato-grossenses a continuar fortalecendo o trabalho dos Cefapros para que atinjam um dos seus principais objetivos: auxiliar as escolas nas práticas formativas que nelas acontecem (na sala do educador) e que essas ações possam refletir na qualidade da educação”.

VOLNEY ALBANO


Assessoria/Seduc-MT





Assessoria/Seduc-MT
































sexta-feira, outubro 21

SIGA II ETAPA – PORTO DOS GAÚCHOS

Terminou hoje a II Etapa de Formação Continuada para os professores alfabetizadores da rede estadual de educação do município de Porto dos Gaúchos. Participaram 15 profissionais, dentre eles (as), professores (as), coordenadores (as) e articuladores (as) do I Ciclo. Foram dois dias de encontro.
Num primeiro momento, refletimos sobre o perfil do (a) professor (a) alfabetizador (a) e os saberes necessários para alfabetizar com sucesso. Discutimos também o processo avaliativo e realizamos uma oficina tendo como foco os eixos e capacidades de Língua Portuguesa e medidas interventivas. No período vespertino, confeccionamos a Caixa de Contar Histórias. No segundo dia, contamos com a colaboração da professora Ana Paula, com a oficina “Matemática no Varal”, explorando os eixos e capacidades de matemática para o I Ciclo.


 

sábado, outubro 15

FELIZ DIA DO PROFESSOR!

video
Uma linda mensagem da Secretaria de Estado de Educação, Rosa Neide Sandes Almeida a todos os educadores!

terça-feira, outubro 4

Pré-Fórum Municipal de Educação “Paz nas Escolas” no polo de Juara


A etapa municipal do pré-fórum aconteceu no dia 3 de outubro, no Centro Cultural Antônio Carlos Savoíne e teve participação de representantes de todas as escolas de Ensino Fundamental e Médio do perímetro urbano, também das Escolas de Educação infantil. Todas trouxeram contribuições de suas escolas, resultantes do diagnóstico e levantamento de propostas referentes ao tema violência nas escolas.
Cada escola teve oportunidade de expor sua realidade, falar de seus anseios e apresentar suas propostas. Tivemos a presença de representantes do CRAS e CREAS as quais deram sua contribuição.